Quinta-feira, 24 de Janeiro de 2008

Jardim Botânico do Funchal




Este meu bichinho por plantas cresceu de uma forma brutal quando fui de férias até ao Funchal. Mesmo no verão estava tudo cheio de plantas fantásticas.
Confesso que quando entrei no jardim botânico pensei: o quê? é isto? até o de Lisboa é melhor!
Claro está que mal tinha entrado e julguei que era só o que se via à 1ª vista. Mas afinal... Recomendo vivamente!



Desde o século XVII que a Ilha da Madeira ansiava por um jardim botânico, sonho que se tornou realidade em 1960. Situado a cerca de 3 km do centro do Funchal, na Quinta do Bom Sucesso, que pertencia à família Reid’s, reúne condições que lhe permitem ter uma vegetação exuberante.

Por todo o jardim são observáveis formas harmoniosas e cores contrastantes, onde podem ser vistas mais de 2000 plantas. O jardim Botânico pertence ao Governo e, para além de ser um belo espaço de lazer, é também um Centro de Ciência e Cultura.

Por todo o jardim podem-se ver plantas com as respectivas identificações, nas quais se descrevem os nomes científico e comum e a origem, plantas estas que se dividem em cinco áreas principais:
- Indígenas e Endémicas: este é o local ideal para se observarem plantas exclusivas da Ilha da Madeira e de outras ilhas do Atlântico tais como os Açores, as Canárias e Cabo Verde. Neste jardim estão representadas cerca de 100 espécies indígenas, que vão desde as que crescem nas encostas mais expostas da ilha até à típica vegetação e até às árvores que se desenvolvem na floresta natural da Madeira – a Laurissilva.
- Arboreto: aqui encontra plantas de zonas do Globo ecologicamente opostas, tais como plantas os Himalaias e dos tópicos.
- Suculentas: é a capacidade de armazenar água que distingue estas plantas originárias, na sua grande maioria, da América do Sul.
- Tropicais/Cultivares/Aromáticas/Medicinais: nesta área encontram-se diversas árvores de frutas tropicais e subtropicais, tais como o Mango, a Papaia, o Abacate, o Café, a Cana de Açúcar e ainda plantas usadas para cozinhar ou para a medicina popular madeirense.
- Loiro Parque: o Loiro Parque reúne algumas das aves mais exóticas e mais raras. As Catatuas e os Loricos das ilhas tropicais Asiáticas, os Periquitos Australianos, os Papagaios Anões, entre muitos outros, são algumas das espécies de pássaros que pode encontrar neste Parque.
publicado por lr às 01:07
link do post | comentar | favorito
|

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Junho 2008

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
11
12
13
14

16
17
18
19
20
21

22
23
24
25
26
27
28

29
30


.posts recentes

. O solanum começou a dar f...

. Primeiro o caule.... depo...

. Dezenas de flores vêm ai....

. As estranhas ipomeas!

. O bolbo quase a florir!

. O pinheiro a crescer

. Ageratos

. Sementes de uvas a germin...

. novidades nas flores da i...

. lithops a crescer

.arquivos

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

.tags

. todas as tags

blogs SAPO

.subscrever feeds